Sensibilidade

03 outubro 2016
Eu sempre sofri um pouco por ser sensível demais. Sensitiva demais. Observadora demais.

Mas eu sempre tento falar o que penso, tento ser positiva e acreditar que as coisas podem melhorar. Todas as coisas. As vezes as pessoas até me dizem que discutir não adianta, que certas pessoas ou situações nunca vão mudar.

Mas sei lá, se a gente não tentar melhorar as coisas ao nosso redor, como vamos esperar que isso aconteça? E, pelo menos pra mim, viver com situações ruins e desumanas pensando que vai ser sempre assim não é uma opção.

Estava lendo um texto sobre mulheres de peixes - coisa que não costumo fazer. Sou pisciana e acho que não me encaixo mais em muitas das características do signo, mas esse texto especifico me chamou a atenção - que me fez pensar nesse jeito de ver as coisas: eu sempre vou tentar expor opiniões sobre coisas que podem fazer bem pro mundo porque acredito de verdade que as coisas  (e as pessoas, quem sabe) conseguem evoluir. E vou sempre me jogar de cabeça nisso.

É difícil enxergar tão a fundo toda a maldade que está no mundo e nas pessoas. Machuca, e as vezes bate um desespero. Mas cada notícia boa que vejo, me faz acreditar um pouquinho mais. Ainda existem pessoas boas por aí né? Pra cada pessoa ruim que esbarramos por aí, aparecem mais umas cinco pra nos ajudar e equilibrar as coisas.

Razões pra acreditar estão por aí... se soubermos olhar direitinho.

Pra dar um contexto pra quem leu até aqui, escrevi esse post depois de ver uma garota denunciando um perfil que fazia apologia a pedofilia no Facebook e estava sendo atacada por isso.


1 Comentário

  1. oi, oi.

    nossa, somos iguais, viu?! eu tbm sou beeem sensível. qualquer coisa me tira do sério, me dá medo e faz ficar louco. isso é bom, mas tbm poder um pé no saco se não soubermos controlar. :(

    forças pra gnt! ;)

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir

 
Jéssica Bellisoni | Base por Michelly Melo .