Uma carta para a infância

27 junho 2016
Ultimamente meus dias andam tão corridos, que nem tempo pro blog eu tenho mais. O blog, que é uma coisa que gosto tanto, um hobbie, que me faz bem... o tema dessa carta não poderia ser mais propicio.

Primeiramente queria dizer que sinto muita falta da minha infância. Você foi boa pra mim. A gente muda muito no decorrer da vida mas sei que tenho muito dentro de mim que apareceu quando eu ainda era uma criança. Isso me deixa feliz e também da saudade. 

Aliás não só disso mas daquela coisa boa de não ter preocupação... não estou me tornando um daqueles adultos chatos que dizem que a vida é horrível e cansativa. (quem vive assim deveria entender logo que precisa de mudanças!) Mas a gente tem mais responsabilidades, além de comer na hora que mandam, e isso acaba trazendo problemas e falta de tempo até pras coisas que a gente mais gosta.

Isso é chato, mas ter uma infância tão boa me ajudou a ser mais positiva hoje, a ver as coisas por um lado bonito de brilhante hahaha acho que o que tenho pra falar é que agradeço.


Pelas manhãs assistindo aos meus desenhos preferidos na TV Globinho. Por assistir Formula1 aos domingos com meu pai, normalmente comendo pastel. Pelo macarrão de domingo que minha vó fazia. Pelo melhor cachorro-quente da vida que tinha na frente da minha escola. E nossa, por tanta coisa que eu achava normal e que na verdade são coisas tão importantes e legais.

Obrigada por ter sido tão boa. Pelos bons momentos, boas pessoas e pelos Kinder Ovo que custavam baratinho! hahaha 

Obrigada por trazer uma nostalgia boa.

Continuando com o desafio 12 cartas para 12 meses. Se você quiser, pode ler minha última carta aqui.

2 comentários

  1. Nossa, Kinder Ovo era um sonho de baratinho, né? Meu pai me dava sempre que eu ia com ele fazer compras do mês no mercado <3 Saudades da comida da minha avó, da casa da minha vó e da casa da minha madrinha, também. Saudade de acordar cedo no sábado só pra assistir desenho e de assistir Castelo Rá Tim Bum durante a semana... Ai, que dorzinha de saudade. Dá uma nostalgia sem fimmmm!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu texto. Relembrei da minha infância. Assistia tv globinho também. Beijos.

    www.bloggeucerqueira.com

    ResponderExcluir

 
Jéssica Bellisoni | Base por Michelly Melo .