O lado bom da dor

11 abril 2016
Tinha uma pessoa que trabalhava comigo que vivia dizendo que dor era um processo e que deveria ser sentida. Eu, do outro lado, vivia respondendo que a alegria também era e dava bronca pra que ela fosse menos negativa. 

Era tudo brincadeira, é claro. Mas pensando nisso agora, fiquei com vontade de escrever sobre o assunto. Porque vemos muitos textos, livros e filmes que falam da importância de ser feliz e tal. Mas sofrer também faz parte. Muitas vezes nos ensina muito mais do que qualquer outra coisa. 

John Green já nos ensinou com Augustus em A Culpa É Das Estrelas que a dor deve ser sentida (e acredito que muitos outros autores também já o fizeram). Também não vou tão a fundo em acreditar que sem dor não conheceríamos o prazer, como alguns dizem. Mas se o amor e a alegria nos ensinam e emocionam tanto, por quê com a dor e o sofrimento seria diferente? 

Estamos em um mundo onde parece que sempre vai aparecer alguma coisa pra nos derrubar e nos deixar pra baixo. E as vezes, nos precisamos disso. Na hora pode parecer um inferno e a maior injustiça de todas. Mas, as vezes, são esses momentos tão horríveis que nos fazem abrir os olhos - tanto pra coisas ruins que precisamos deixar ir, como pra coisas boas que precisamos aprender a valorizar.


Não sou a louca que vou sair por aí dizendo que quero sofrer porque isso pode trazer boas coisas pra mim, mas tento ao máximo pensar nos momentos difíceis que aquilo vai me levar pra algum lugar ou me ensinar algo. Até ajuda a ter um pouquinho de positividade mesmo nos piores momentos.

Eu escrevi esse texto no final da semana passada, antes de receber uma noticia que, por diferentes motivos, quebrou o meu coração em vários pedacinhos. Então vim aqui editar pra terminar dizendo uma das coisas mais importantes da dor, e provavelmente a coisa que a gente mais deixa de lado: não esqueça suas lições.

Muitas vezes, aprendemos muitas coisas e até mudamos alguns hábitos porque notamos que poderíamos fazer melhor. Só que com o passar dos dias, acabamos esquecendo certas lições. Eu sei bem, acontece. Mas tenta lembrar de tudo: de dar mais valor pras pessoas, de agradecer por qualquer alegria, de aproveitar cada segundo, de ser gentil... ou seja lá o que foi que você aprendeu.

Mais importante do que sentir a dor, é levar o que ela te ensinou adiante.


10 comentários

  1. Que texto lindo, amiga!
    Esse final de semana estava pensando nisso e até dei uma bronquinha na minha mãe também por ela estar tendo um momento "tá tudo dando errado", o que é perfeitamente normal de se sentir, mas acho que ter tido muitos desses momentos ruins me fez ter essa visão de que não existe uma força especial no universo querendo te destruir. Coisas ruins apenas acontecem e não há nada que a gente faça pode evitar isso, essa é simplesmente a vida e assim como tem coisas ruins, tem coisas maravilhosas também.

    Você falou bem sobre a coisa mais preciosa de todas, mas as vezes é tão fácil esquecer as lições que a gente aprende do jeito mais difícil, né? Eu mesma preciso relembrar algumas coisas que aprendi e seu texto me fez lembrar da importância de dar valor as pequenas coisas. Então, aproveitando: amiga, te amo. Always & forever <3

    ResponderExcluir
  2. Texto maravilhoso. Como você mesma disse, precisamos aprender a lembrarmos sempre as coisas que realmente importam na vida.
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  3. Concordo. A dor quando vem, a gente só fica focada nela e querendo que passe logo, mas a gente esquece de prestar atenção no que foi passado como aprendizado, pra gente saber o que pode se repetir e o que pode excluir de vez pra nunca mais acontecer de novo. Por isso que eu vivo dizendo que eu aprendo é com os meus erros. Acertar de primeira, até dá sim, mas é errando que se aprende meeeesmo.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo, Jé! Realmente as vezes esquecemos de pensar nas lições que algo ruim nos deixou, né? Muito bom mesmo (:

    Um beijo, Na
    http://www.hamburguesinha.com.br

    ResponderExcluir
  5. Cara, com certeza! Toda experiência é válida, não importa se é ruim ou boa, sempre vamos aprender algo e levar pra vida. Sofrer é algo que nos ajuda muito, é inspirador (acho que ficamos mais sensíveis e conseguimos nos expressar melhor e ver as coisas de outra maneira nesses momentos).


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  6. Chega deu uma dorzinha aqui no peito.
    Ando muito sentimental, um tanto pela gravidez e outro tanto de nascença.
    Esses dias perdi alguém que amava muito, e seu texto me fez lembrar das coisas boas que vivemos.
    Espero que as coisas melhorem por aí.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
  7. Concordo com você Jéssica, cada sentimento tem seu lado que nós traz aprendizado, que nos torna mais fortes e especialmente nos ensina a darmos mais valor as pequenas coisas (nem sempre, nem todos, nem tão rápido), mas cada um tem seus próprios perrengues para passar e cabe a si aprender com aquilo, ou se trancar no quarto querendo desistir de tudo. Adorei a reflexão!

    Grande beijo, Fran.
    www.delirioscotidianos.com

    ResponderExcluir
  8. Ótimo texto e acredito que as coisas ruins tendem a acontecer para nosso amadurecimento, aprendizado mas que é bem difícil na hora crermos nisso.
    Bjos e bom Domingo,
    Blog: DMulheres
    Instagram : @dmulheres

    ResponderExcluir

 
Jéssica Bellisoni | Base por Michelly Melo .