O mundo precisa do feminismo

15 janeiro 2016
Generalizando um pouco (só pra ir direto ao ponto), acredito que hoje podemos dividir as pessoas em três grupos: as que vão ler o título e pensar “feminismo de novo? Que coisa chata.”, outras que podem pensar “vamos ver se essa pessoa sabe o que realmente é ser feminista” e as que devem pensar apenas “ok, vamos ver o que essa tem a dizer”. 

Sim, feminismo foi um assunto extremamente discutido e repetido em 2015. Sim, muita gente falou bosta. Sim, muita gente descobriu que o machismo tá até em coisas pequenas. Sim, muita gente acha que isso tudo é só uma chatice de mulheres mal amadas/comidas. Sim, é um assunto extremamente extenso pra ser discutido por inteiro em um único post. 

Mas gente, de verdade: tentem por um momentinho esquecer qualquer opinião formada por esse tema. Pensem apenas na quantidade de mulheres que sofrem abuso sexual ou emocional por homens desde sempre e só agora começaram a ser ouvidas. Pensem nas inúmeras mulheres que, em pleno 2016, recebem menos que homens exercendo o mesmo cargo. Pensem nas opiniões que temos na nossa cabeça (desde bem novos, inclusive) sobre traição: a mulher é sempre a vaca. O homem as vezes é fdp, as vezes “é homem né” e as vezes foi seduzido por alguma piranha… 

Exemplos não faltam. Escolham um e para pra pensar quem é favorecido na situação. É sempre o homem. Mas mais do que todos os exemplos em que o homem é favorecido, o que mais me faz pensar que o mundo precisa do feminismo foi o crescimento do ódio na mesma proporção em que esse assunto crescia. 

Os comentários de homens e mulheres (pois é) sobre as feministas são de mal amadas pra baixo. A coragem nojenta de homens pra fazer comentários preconceituosos ou baixos (lembram da Valentina do Master Chef Junior?) nas redes sociais, muitas vezes com seus perfis originais, pipocaram cada vez mais. 

Por isso, vamos falar de feminismo sim. Vamos falar de igualdade. Vamos falar de impunidade. Não importa o nome que se dá… precisamos falar sobre tudo isso. As mulheres precisam parar de ter medo de andar na rua. Os homens precisam parar de ensinar crianças a serem preconceituosas com “simples piadas”. As mulheres precisam parar de odiar a si mesmas por não fazerem parte de esteriótipos criados pelo mundo machista. Os homens precisam entender tudo o que a mulher sofre no seu dia a dia. 

Tudo virou machismo hoje em dia? Sim. Porque nosso mundo foi construído com esse pensamento e esse perfil! Aceitem. E parem de pensar nesse nome que tanto incomoda e gera piadas e pensem apenas que o ser humano precisa melhorar. Nosso mundo precisa melhorar. Aceitar isso é começar a entender a necessidade do feminismo. 
E de pouquinho em pouquinho, de irmandade em irmandade, nós podemos construir um mundo melhor, com pessoas melhores.

10 comentários

  1. Concordo totalmente com o seu texto. Hoje em dia se fala mais em feminismo e em machismo, mas porque erra desigualdade tem que finalmente chegar ao fim. Tem várias cosias que nos atingem no dia a dia, mas o que mais me incomoda é a agressões verbais, o medo do cara vir pra cima, pelo jeito que ele olha. O medo de sair sozinha de noite.

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
  2. Olá Jéssica!
    Seu post está sensacional! Você disse pouca coisa, mas só o fato de você se expressar sobre esse assunto, é algo muito bom. Eu acho que todo mundo precisa falar sobre esse assunto, lutar pelos direitos das mulheres. Porque não tem jeito, o machismo ele é enraizado na sociedade, só que isso precisa mudar. Existe muita injustiça e preconceito em relação a mulher, principalmente no mercado de trabalho. Eu sinto MUITO isso toda vez que vou fazer uma entrevista de emprego. É foda.
    Gostei bastante da sua postagem, mesmo. :)

    Mudando um pouquinho de assunto, Jéssica, eu te marquei em um Desafio de Cartas lá no meu blog. Eu não sei se você tem interesse, mas não é uma corrente (rs), faz só se quiser, ou sentir vontade mesmo. Vou deixar o link por aqui

    http://perolairregulaar.blogspot.com.br/2016/01/desafio-12-cartas-para-12-meses.html

    Beijos! :)

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo post. Infelizmente muitos não conseguem visualizar ao seu redor esses "pequenos" preconceitos que estão enrustidos no nosso dia a dia, em nossa sociedade, que acabam se tornando péssimos hábitos culturais.
    Acredito que as novas gerações estão mais antenadas neste assunto, e que esse tipo de injustiça - bem como todas as outras envolvendo credo, gênero, raça e filosofias de vida - se tornem coisas do passado.

    brilhodealuguel.com

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do texto e concordo completamente!!
    Acredito que mesmo que as coisas tenham mudado, as mulheres ainda são desrespeitadas em muitos aspectos, e merecemos muito mais. Merecemos respeito e direitos iguais, olhares iguais!
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  5. Aqueles post que posts que precisamos mandar para muitas coleguinhas entenderem de vez a necessidade do feminismo.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
  6. "em 2015 tudo é mimimi - tudo é preconceito - tudo é machismo"
    Tudo sempre FOI preconceito/machismo, mas só agora estamos podendo falar sobre isso e sendo ouvidas. Ainda é um longo caminho pra percorrer, mas pelo menos já começamos e agora temos que avançar o/
    Muito bom seu texto! :)

    Bjo
    www.1livro1filme.com.br

    ResponderExcluir
  7. Concordo com tudo e ainda assino na linha pontilhada. É um absurdo ter de abdicar dos nossos direitos de sair de casa da maneira que quisermos pelo simples fato de sentirmos medo. Hoje em dia esse assunto tá sendo mais discutido graças as redes sociais e toda essa possibilidade de nos comunicarmos e falar pra todo mundo que quer ouvir: "O MUNDO PRECISO SIM DO FEMINISMO!"
    Beijo,
    paraisodemenina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. adorei o post, acho que nossa sociedade ainda precisa MUITO MESMO do feminismo pra se tornar igualitaria

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  9. Concordo com o que disse, seu texto é direto e bem explicado. Vi muitas pessoas levando o feminismo a outros significados e distorcendo a verdadeira razão e motivo. O mundo precisa de humanidade, irmandade e respeito
    http://www.charme-se.com

    ResponderExcluir
  10. tava louca pra ler esse seu post, mate!
    é incrível o quanto a gente parece estar nadando contra a corrente por algo tão básico, que não deveria nem ter que ser exigido por mulheres do mundo inteiro, quanto o respeito e a igualdade. conversei com uns alunos meus sobre isso semestre passado e fiquei chocada o quanto o pessoal "mais velho" de 30/40 e poucos anos vê isso de uma forma tão arcaica, enquanto muitas meninas de 14, 15 anos já tem ideias novas e bem legais sobre feminismo. acho que esse tanto de discussão pelo menos abriu os olhos do pessoal mais novo e deu espaço para mais mudanças.

    Close To Paradise

    ResponderExcluir

 
Jéssica Bellisoni | Base por Michelly Melo .