Um até logo para os impressos

01 outubro 2014
Contei aqui nesse post que comprei um Kindle a pouco tempo e vim contar pra vocês tudo o que achei. Bom, vamos começar do início: a dificuldade em dizer adeus aos livros. Essa ideia de comprar um e-reader já estava na minha cabeça a um tempo mas não conseguia levar adiante, porque sabia que sentiria muita falta dos livros. Parece bobeira, mas é verdade. O livro em si, virar as páginas e tudo mais que faz parte da delícia que é ler um livro, pelo menos pra mim. Mas chegou um ponto que simplesmente não era mais prático levar na bolsa caderno, guarda-chuva, necessaire, entre outras coisas e ainda um livro. Fora a parte de que quando estava em um transporte público (onde, infelizmente, passo muito tempo da minha vida haha) lotado, não conseguia pegar o livro pra ler. Por conta disso, finalmente me decidi e resolvi realmente comprar um e-reader.

Desembalando
Aí vem mais uma etapa de dúvidas porque diferente do eu pensava, existem vários e-readers por aí pra decidir entre um deles. Pra conseguir decidir, comecei a pesquisar sobre e-readers no geral e depois entre cada um deles. Tem um monte de coisa que a gente precisa saber antes de simplesmente comprar um, quais formatos ele aceita, os livros disponíveis, suas limitações, qualidades e etc. Então, se você estiver querendo investir em um, dá uma pesquisada antes pra ver qual o melhor pras suas necessidades. Pra quem gosta de quadrinhos, por exemplo, eu vi que o Kindle não é a melhor opção, apesar de você até conseguir ler nele.

Talvez existam ainda mais, mas os que eu vi sobre foram o Kindle, da Amazon o Kobo, da Livraria Cultura e o Lev, da Saraiva. Indo direto ao ponto, a primeira coisa que me fez escolher o Kindle foi o preço. Além de ouvir falar dele a mais tempo. Pra minha infelicidade, quando fui dar uma olhada nos sites pra fazer esse post percebi que o Lev abaixou o preço, sendo que a versão dele é touch screen e que mostra a capa dos livros, coisa que o Kindle não faz.

Você vai ver que tem uma variação entre tamanho de tela, com luz, sem luz, memória e etc. A minha versão é a básica, sem luz e etc, que também é a mais barata. O que me fez escolher o reader da Amazon também foi algumas resenhas de pessoas que já usaram os produtos das diferentes marcas em que diziam que em questão de sistema, o Kindle era o que menos dava problema enquanto os outros travavam um pouco.

Sobre essas questões mais especificas, realmente o meu conselho vai ser: pesquise em outros lugares, já que eu só teme experiência com o Kindle. Sobre ele, posso dizer que estou adorando, é prático, super leve e a tela sem reflexo realmente ajuda a não cansar a vista. Sobre a variedade de livros, os três são de grandes sites então acho difícil você não encontrar algum livro que queira. Fora que tem um monte de utilidades, que eu ainda nem usei todas, como dicionário embutido (em diferentes línguas), marcador de frases e de páginas, possibilidade de agrupar os livros que quiser, ler notícias e muitas outras. Fora que já descobri que ele é resistente. Outro dia esbarram a mão do metrô e ele voou da minha mão, bateu no ferro, no banco e foi pro chão e tá inteirinho ainda. hahaha

Sobre o desapego, é um pouco triste mesmo, confesso. Mas os livros também são mais baratos então você acaba economizando nessa parte, também. Sempre sonhei em ter uma biblioteca cheia dos meus livros preferidos mas hoje em dia eu vejo que não é tão simples assim e muitos dos livros acabam ficando apenas empoeirando em algum canto. Se você acha que consegue desapegar dos impressos, recomendo bastante!

E vocês, alguém aí também usa algum e-reader? Gostam, ou sentem muita falta dos livros impressos?

15 comentários

  1. Uma vez vi um moço mexendo nesse Kindle no ônibus e eu achei até que interessante, porque parece folha mesmo de livro e não cansa tanto a vista quanto ler no pc. Porém, continuo preferindo os livros, acho que pelo cheiro de livro novo, de páginas, de pegar mesmo no livro com as tantas páginas pra ler, sabe? É diferente. Não sei se me acostumaria a usar o Kindle. Hoje, voltando pra casa, tentei ler as apostilas que tinha baixado no meu celular pra estudar pra prova de amanhã e simplesmente cai no sono com o celular na mão, dai o ônibus deu uma freada e eu guardei o celular correndo, hahaha! Simplesmente não consigo.

    Bitocas!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha sim Thami, a adaptação é meio chatinha mesmo :( mas sei lá, muito mais prático. Apesar de sentir falta dos livros ainda, acho que foi uma boa escolha.

      Excluir
  2. Eu creio que eu não me acostumaria também, justamente por ser tão diferente! As tecnologias estão fazendo com que esquecermos de algumas coisas simples! Isso vai nos deixando relaxados também!
    Beijos.
    www.pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, mas acho que não se aplica nesse caso... o importante é sempre continuar lendo, né?! ♥

      Excluir
  3. Eu quero um desse pra mim, porque na hora de ler meus livros, leio alguns pelo pc e é chato pra caramba kkk

    Beeijos, ♥

    http://www.paaradateen.com
    http://www.facebook.com/PAARADATEEN
    INSTAGRAM: @luannaandrade_

    ResponderExcluir
  4. Estou na dúvida entre o Kindle e o Kobo, os dois parecem ótimos, e vão facilitar a minha vida, já que leio muitos livros e minha bolsa sempre está pesada kkk

    Beijos!

    Beleza Mista

    ResponderExcluir
  5. Caramba, preciso fazer um trabalho psicológico para usar um desses...acho que não consigo desapegar do papelzinho!!! rsrsrs...

    Bjinhos
    JuJu
    asbesteirasquemecontam.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Aaaaah estou louca pra comprar o meu, eu acho que isso me influeciaria a ler livro, por que os impressos eu não tenho paciência, não sei explicar ao certo! hahaha
    Beijoo l http://meniinademoda.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha acho que deu pra entender um pouco! Super apoio você comprar, especialmente se vai aumentar seu gosto pela leitura! o/

      Excluir
  7. Eu não sei se me acostumaria, gosto tantos de livros físicos mesmo, o cheirinho é tão bom, mas realmente tem umas desvantagens e eu sei como é, carregar um livro na bolsa ocupa bastante espaço... Enfim, o Kindle, parece ser bem mais prático.

    Beijos
    Fanpage | Instagram

    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
  8. best friend forever8 de outubro de 2014 00:53

    ''Outro dia esbarram a mão do metrô e ele voou da minha mão, bateu no ferro, no banco e foi pro chão e tá inteirinho ainda. hahaha'' creio que nesse dia você arrumou uma certa discussão no metrô né amiga...ou não? hahahahahahha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "bff" hahahaha nem arrumei, ele ficou tão sem graça que deu até um pouco de dó.

      Excluir
  9. EU AMO LIVROS, mas também amo ebooks, já li vários no computador! Acho que um kindle ia ser ideal pra mim, ótimo saber que ele é mega resistente!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  10. Eboks são fantásticos. Gostava de ter o meu também.
    Já sigo :)
    Beijinho
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  11. E-reader é tudo de bom! <3 Comprei um Kobo no começo do ano, quando a Cultura fez uma promoção lindona, e até falei dele lá no blog - uma das melhores compras que eu já fiz! Hoje em dia infelizmente é meio difícil a gente ter essa biblioteca dos sonhos, por isso eu acho ótimo poder comprar por preços mais baratos os ebooks de livros que eu não tenho tanto apego emocional... mas não consigo abrir mão de comprar os livros impressos que eu gosto mais <3 livro físico é tudo de bom!
    Sobre a resistência do Kindle: meu namorado nocauteou o dele com uma vassourada acidental e o bichinho nunca mais voltou :( eu morro de medo de derrumar o meu e-reader depois dessa haahaha
    beijo, Jéssica! ;**
    Beyond Cloud Nine

    ResponderExcluir

 
Jéssica Bellisoni | Base por Michelly Melo .