Resenha: The Walking Dead - O caminho para Woodbury

15 abril 2014
Terminei de ler The Walking Dead, o caminho para Woodbury e vim aqui contar pra vocês o que achei. O livro é o segundo da série de 3 livros que contam a história de Philip Blake, o Governador. Aqui eu fiz uma resenha sobre o primeiro livro. 

Vamos começar pela sinopse do livro: 
É um mundo perigoso em que Lilly vive. Zumbis espreitam em cada esquina, massacrando qualquer um que chega a suas mãos. Nenhum lugar é seguro. Mas quando uma provação terrível deixa numerosos mortos, Lilly e seus companheiros são forçados a sair de sua comunidade e tendas para o campo aberto. Segurança parece vir sob a forma de Woodbury, um composto carregado de alimentos e proteção. No entanto, não demora muito antes que os perigos de Woodbury se revelem, e o despótico governador do composto ameace minar tudo em que Lilly acredita. Porque às vezes os mortos não são a maior ameaça. É a vida...
Não me atentando tanto assim no que dizia a sinopse, eu comecei o livo esperando muito mais do governador do que de fato tem na história. Pra mim pareceu, comprovando o que me disseram antes de ler o livro, que o segundo livro da série é um tipo de preparo pro terceiro, o que pode dar a impressão de... bom, encheção de linguiça.

Fora esse fato, a história é boa e consegue te prender bastante. O foco é na Lilly que já viveu momento terríveis desde que a praga começou e que junto com sua amiga-problema Megan tenta sobreviver em um acampamento com outros sobreviventes. Aliás, por conta desse acampamento o começo do livro parece um pouco confuso porque fala sobre diversas pessoas diferentes e você fica um pouco perdido, mas em algumas páginas isso acaba e a história se concentra em mostrar as dificuldades de Lilly em superar seu s medos, lidar com uma amiga problemática e sofrer acusações e agressões por acontecimentos que não são necessariamente sua culpa. É onde entra Josh, um tipo de protetor pra Lilly, que com o tempo se transforma em amante.


Depois de muito sofrimento o futuro casal vai embora do acampamento junto com Megan e seu novo affair (tão drogado quanto ela) Scot e o médico alcoólatra Bob. Com mais um pouco de sufoco, eles acabam chegando a Woodburry e reparando que as pessoas e o mundo se tornaram muito sinistros e cruéis com essa praga zumbi.
E no topo da estranheza está o Governador, que mostra frieza diante a crueldade e guarda inúmeros segredos sobre sua vida e como se mantém no "poder" da pseudo cidade. Uma das decisões mais estranhas do Governador nessa história é a de fazer uma batalha entre zumbis e pessoas que desrespeitaram alguém em Woodburry, para aliviar a tensão dos sobreviventes.

Como disse antes, o livro na realidade tem um foco muito maior nos dramas vividos por Lilly e no seu anseio em sair dessa cidade tão estranha e medonha conflitando com o desespero de sobreviver. Como também disse antes, é uma história boa mas não entrou pra minha lista de livros preferidos e super recomendados. Se gostar da serie ou aventuras zumbis, é uma leitura legal desde que não espere outra história tão por dentro da vida do Governador, como no primeiro livro, pois isso acontece poucas vezes.
Mais alguém já leu? Se sim, o que acharam?

4 comentários

  1. Eu comecei a assistir a quarta temporada da série na semana passada e fiquei extremamente decepcionada. Só assisti o primeiro episódio da temporada e já parei... Pensando em desistir de vez de acompanhar a série. Mas os livros eu nunca li!

    Beeijo!!! :*

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca li os livros ou quadrinhos, mas já me disseram que todos são bem diferentes da série. No entanto, a série está cheia de encheção de linguiça... Acho que acontece em todos então. HEHE

    Um beijo

    www.naotenhopressa.com

    ResponderExcluir
  3. Não faz muito meu estilo, sabe? Meu namorado adora a série e lê os quadrinhos, então acho que ele ia gostar!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  4. Eu não consigo ler o livro, nem o quadrinho, nem a série... NADA ligado ao The Walking Dead ç_ç
    Blog - Instagram

    ResponderExcluir

 
Jéssica Bellisoni | Base por Michelly Melo .